Páginas

6 de abr de 2015

VENTO NO LITORAL

Resenha - Vento no Litoral

Autor: Gláucia Santos
Título Original: Vento no Litoral
                    ISBN
Editora: Publicação Independente
                   Ano:2014
                          Numero de páginas: 285

Sinopse: Vento no Litoral - Emmy perdeu o namorado em um acidente de carro e viu sua vida devastada pelo trauma. Quando menos espera, o irmão gêmeo deste aparece, causando uma confusão em seu coração. É amor à primeira vista, mas o fantasma de James está entre eles, dificultando a relação. Ela não sabe até que ponto seu amor por ele é real ou se é apenas uma substituição para o namorado falecido.
Jacob foi abandonado pela mãe ainda menino e durante toda a vida teve rancor da mãe e do irmão. Após a morte prematura de James, resolve ir em busca de respostas. Sua alma amargurada é arrebatada por uma jovem frágil e atormentada pelo trauma. Ele não sabe até que ponto o amor de Emmy por ele é real, e se sente como um substituto. Quando as coisas estão complicadas e a relação parece não ter futuro, o destino o leva para longe.
Será que eles conseguirão enfrentar os obstáculos para viver esse lindo amor?
Um romance cheio de drama, paixão arrebatadora, conflitos familiares, perdas, fé e amor.



De tarde quero descansar
  Chegar até a praia e ver
Se o vento ainda está forte
Vai ser bom subir nas pedras
Sei que faço isso pra esquecer


Ter 17 anos já é bem difícil e conflitante, agora imagine uma adolescente nessa face critica perder seu amado de uma forma tão trágica, a vida de Emmy de uma hora para outra virou de ponta cabeça e ela se perdeu num mar de tristeza e desilusão. Para se sentir mais perto de James foi procurar conforto na praia onde vivera momentos tão felizes juntos, sem saber sua vida naquele instante muda completamente, entre lágrimas e suspiros com o coração em frangalhos Emmy vê nitidamente a imagem de seu amor, o susto foi tanto que ela não pode suportar e desmaia.
Quando volta a si depara com James  acariciando seu rosto. = Pronto, perdi de vez a sanidade ! É o que pensa a frágil menina, só então fica sabendo da existência de Jacob irmão gêmeo de James.
A história era longa e triste mas havia tempo para ser esclarecida, os irmãos foram separados pelo destino depois que o pais se separaram, sua mãe por ter poucos recursos deixa um dos meninos para trás na esperança de buscá-lo um dia o que infelizmente não aconteceu, o pai egoísta e cruel desaparece sem deixar rastro.
Com o passar dos dias ela vê em Jacob uma beleza interior nunca vista em James, ele é carinhoso, amigo e maduro, o que a deixa de quatro por ele ,mas o fantasma do irmão ronda a todo instante e por ser muito imatura Emmy não consegue separar os sentimentos entre um e outro.
A autora com maestria separa o casal para só retornar dez anos depois, foi uma jogada inteligente pois com o tempo ambos sabem muito bem o que querem da vida.
Será que depois deste longo tempo ainda existe amor entre eles ou foi só uma fragilidade de momento que levou por caminhos de tanta sedução e magia?
                                                                           
                                                                         Perdão
                                                        
Um jeito, um gesto, um golpe de ternura
                 E a vida volta logo pro lugar
                Uma palavra é uma coisa dura
                     Só sentimento pode libertar
                   O tempo faz o jogo dos desejos
                       Eu sei que você sabe esperar
O dia amanhecer por entre os dedod,
E ai saber que o sonho é bom demais
                Felicidade, brilha no ar...

(Felicidade, composta por G. Bigazzi. U Tozzi, R.Riefoli -  Versão de Claudio Rabello: e interpretada por Fábio Jr...)

Gláucia sabe como ninguém descrever cenas eróticas sem ser vulgar. Mostrou claramente a importância do perdão o amor e as fases do amadurecimento como realmente é, as vezes com dor, mudanças de caráter e personalidade.
A capa feita por Carla Fernanda dos Santos é perfeita, ficou linda. Letras de bom tamanho fácil de ler para que já passou alguns aninhos e a visão não é mais a mesma.
Mais uma vez a autora me deixou comovida com seu trabalho. 


"Quero ser feliz ao menos.
    Lembra que o plano
      era ficarmos bem?"


Na vida tudo pode acontecer, alegria, sofrimentos, perdas, decepções, saudades, mas o amor sempre fala mais forte.

            

2 comentários:

  1. Li este livro neste verão, na beira da praia e teve tuuudo a ver com o clima da história, hehe.
    Achei a história romanticamente linda.

    OBS: Adorei o título do seu blog!

    Beijo, Vanessa Meiser
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Obrigada pela resenha, sua linda! Você abriu Minas para mim e serei eternamente grata. Um grande beijo para os mineiros e em especial aos leitores de Pratinha. Sinta-se abraçada e beijada por mim! <3 <3

    ResponderExcluir