Páginas

13 de set de 2013

Resenha - Uma Estrela para João

Uma Estrela para João
Autor (a): Alexandre L.
Título Original: Uma Estrela para João
ISBN: -
Editora: Clube dos Autores
Ano: 2013
Número de páginas: 108
Sinopse: João sempre foi sonhador. Sobrevivia isento de sonhos, e sempre procurando tornar as pessoas felizes sem jamais pensar em si próprio. Até que um dia conheceu Maria e passou a ver na jovem a sua tão sonhada estrela que enfim surgia, para trazer brilho e cor à sua vida tão cheia de vazios. Porém quando tudo é alegria para o rapaz, Maria o procura para que ele a ajude a reconquistar seu antigo amor. Seria João capaz de sacrificar o insano amor que devotava à jovem e vê-la partir com outro? Saberia ele voltar a viver a escuridão de outrora, sem o brilho da sua estrela Maria? Em “UMA ESTRELA PARA JOÃO” você encontrará em versos e trovas, uma verdadeira história de amor e entrega total. Uma paixão sem precedentes que nada pede em troca. E ainda mais 53 poemas do autor.



Ao começar a leitura fui surpreendida com um tesouro precioso, o autor conta uma triste história de amor com um lindo romance poético.

Ele nos conta a história de um homem simples, estimado por todos, por ter um coração cheio de bondade e por ter uma alma pura, recebeu o apelido de "João Bocó".

O sonho de João era encontrar alguém para amar. Até que um belo dia, apareceu Maria em sua vida, triste, infeliz por ter perdido um amor. Vê em João um protetor, mas ele queria mais, muito mais, queria seu amor. Maria passou a ser seu viver.

Trecho página: 16
Verso: 28

Se não tiveres cuidado
Ao colher esta flor,
Os espinhos não cortados
Irão lhe trazer muita dor.

Trecho página: 34
Verso: 100

Por onde anda este João,
Que faz esta pobre sonhar
Que um dia foi estrela,
Que ele um dia vai voltar?

Existem outros poemas maravilhosos, e escolhi, ANJO DO MAR, mas sem dúvida alguma, qualquer um que eu citasse, faria o mesmo efeito... ternura, paixão. Falando de amor e da vida.

ANJO DO MAR

Sinto fome, sinto frio
E a sede quer matar,
Estou na beira de um rio,
Estou na beira do mar.

Tenho areia como leito,
O céu, de orvalho me cobre,
Pedras afagam-me o peito;
Estou sozinho, triste e pobre.

Ruídos do mar murmurante,
São as canções de ninar.
De repente, flutuante,
Surge um anjo no mar.

Cobre meu peito sofrido,
Com um manto de calor.
No coração tão sofrido,
Deixa só canções de amor.

Acomoda-se então ao meu lado,
Liberta-me de todo véu.
Viveremos aqui uma vida;
Seguiremos juntos pro céu.

Trecho página: 37

A capa na cor azul, cor de um céu brilhante, cheio de estrelas e no centro uma estrela maior, bem brilhante, que pode muito bem representar João ou a solidão...
Leitura fácil e prazerosa, letras de bom tamanho.

Na página 105, encontro um poema que me doeu meu coração, deixo meu abraço de mãe a Dona Maria Coeli.

Convido-te a conhecer a linda história de vários Joões, deste imenso Brasil, representado pelo nosso querido João Bocó.

Eu li.
Eu Recomendo.

Um comentário:

  1. Parabéns, bela resenha o Livro me Parece bom deu até mais vontade de ler..

    ResponderExcluir